Oliveiras plantadas na Palestina serão testadas no RS


Técnicos palestinos deverão visitar o Rio Grande do Sul no período de 90 dias. Trinta e seis variedades de oliveiras plantadas na Palestina serão testadas para adaptação no solo gaúcho. A prioridade do governo é desenvolver o cultivo nos assentamentos do MST, na metade sul do estado. O Rio Grande do Sul tem hoje 600 hectares plantados de oliveiras.
A previsão é que a pesquisa com os palestinos dure até três anos, para que as novas variedades possam ser plantadas, e outros três anos devem se passar para que a primeira safra de oliveiras possa a ser colhida